Com 2 mil RGs entregues e mil consultas de populares na internet, CAC Itabirito é referência na região

por Comunicação da Câmara publicado 20/11/2019 14h40, última modificação 20/11/2019 15h16
Com 2 mil RGs entregues e mil consultas de populares na internet, CAC Itabirito é referência na região

O CAC de Itabirito é perto da padaria do Charles. Foto: Comunicação da Câmara

.

Há pouco menos de um ano, antes de o Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) de Itabirito ser implantado pela Câmara de Vereadores, o morador do município, após solicitação, tinha de esperar 15 dias para receber sua carteira de identidade (documento que recebe também o nome de “RG” – Registro Geral).

No CAC Itabirito, o interessado recebe o RG no mesmo dia em que solicita (isso após pagar taxa obrigatória definida pelo Governo do Estado). De janeiro a outubro de 2019, foram confeccionadas, 2.031 identidades.

No mesmo período, ao todo, o CAC itabiritense realizou 16.035 atendimentos, entre eles: 230 documentos encontrados por meio do serviço de “perdidos e achados”; 2.961 impressões gratuitas para a população; 789 encaminhamentos de cidadãos a órgãos competentes com o objetivo de resolver alguma pendência; 567 certidões (de antecedentes criminais, negativa de débito etc), 326 currículos confeccionados para quem procura um emprego; 99 impressões de contas e 78 feituras de boletins de ocorrência (este trabalho é feito por meio do site da Polícia Civil, normalmente, para furtos, roubos e perda de documento).

Os serviços que o CAC oferece não param por aí. Ainda há inscrições variadas via internet (28 ao todo), informações gerais (726), bem como informações sobre RG (7.147). Por apresentar tais resultados, os trabalhos do CAC Itabirito ganharam repercussão, inclusive, em outras cidades de Minas.

Prova disso, é que o diretor do CAC do município de Congonhas, Luciano Faria, esteve em Itabirito nesta terça-feira (19) para conhecer a estrutura do CAC itabiritense. “Aqui (em Itabirito) o CAC é modelo. Pesquisei outros CACs, mas nenhum tem o dinamismo do de Itabirito”, disse ele.

.

A intenção da visita foi conhecer os serviços desenvolvidos em Itabirito e aprimorar os trabalhos no CAC congonhense. “O CAC da minha cidade oferece somente serviços básicos. A gestão passada da Câmara de Congonhas não deu a devida sequência aos trabalhos e por isso precisamos melhorá-lo”, esclareceu o diretor que ainda salientou que o CAC de Congonhas existe há cerca de 6 anos.

.

“É um desafio coordenar um projeto desta grandeza, que busca aproximar a população do Poder Legislativo. Foi um ano de aprendizado, temos que aprimorar alguns pontos, mas vale destacar o apoio e a confiança de todos os vereadores que participam efetivamente do nosso dia a dia, seja divulgando ou encaminhando as demandas da população para o CAC”, disse o chefe do CAC Itabirito, Adalberto Pereira Júnior, que ainda ressaltou o trabalho dos servidores do Centro: “o empenho de todos os servidores envolvidos no projeto, certamente, faz toda a diferença. Afinal de contas, trabalhar em equipe é unir várias formas de pensar em um só objetivo, que é servir ao público”.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.